Hélio dos Anjos exalta Paysandu dominante e ‘mentalmente forte’

Após a vitória bicolor no estádio Novelli Júnior, Dos Anjos comentou no bate-papo de vestiário. Foto: Jorge Luís Totti/Paysandu

Diferente do que ocorreu na derrota, por 1 a 0, frente ao Sport-PE, na rodada anterior, o técnico Hélio dos Anjos elogiou o comportamento de sua equipe no triunfo do último sábado frente ao Ituano-SP, que marcou a conquista dos primeiros três pontos do Paysandu atuando na condição de visitante.

Um resultado que foi tentado sem sucesso em outras quatro partidas anteriores, quando o máximo que o time conseguiu foi empatar com o Amazonas-AM e o Guarani-SP, perdendo para o Santos-SP, logo na abertura do campeonato, e Mirassol.

Após a vitória bicolor no estádio Novelli Júnior, Dos Anjos comentou no bate-papo de vestiário. “Eu vi o jogo de uma equipe que colocou em prática todo nosso modelo de jogo, toda nossa aplicação, toda nossa intensidade”, elogiou o treinador. “Nos primeiros 30 minutos conquistamos três gols, tivemos um pequeno apagão e poderíamos ter pago um preço muito alto por esse apagão de 15 minutos. Voltamos para o segundo tempo sendo o nosso time, jogando do jeito que nós somos, controlamos o adversário”, completou.

O comandante do Papão viu como normal o crescimento dos donos da casa após o atacante Nicolas desperdiçar a cobrança de um pênalti. “Naturalmente o adversário cresceu um pouco com a perda do nosso pênalti e entrou mais para dentro do nosso campo”, analisou. O treinador seguiu em seus comentários, exaltando a fibra de sua equipe. “Nós tivemos que ser fortes, pois num momento como este de recuperação, que nós entramos na fase a partir da derrota para o Sport, é recuperação dentro do campeonato. Os jogadores, mesmo conosco tendo alguns problemas que ocasionaram os gols do adversário, mas mentalmente eles foram muito fortes”, arrematou.

Fonte: Diário do Pará