Brasileira é morta a tiros por engano pela polícia em Portugal

Uma brasileira, de 36 anos, identificada como Ivanice Carvalho da Costa, morreu após ser baleada no pescoço, pela polícia, na madrugada de quarta-feira (15/11), em Lisboa.

Segundo a imprensa portuguesa, os policiais confundiram o carro em que ela e o namorado estavam, um Renault Megane preto, com um Seat Leon preto, que havia escapado de perseguição policial minutos antes, no bairro de Encarnação, próximo ao local onde a brasileira foi atingida.

De acordo com a Polícia de Segurança Pública de Lisboa (PSP), o condutor do veículo não obedeceu a ordem de parada e tentou atropelar os policiais. Ainda segundo informações da polícia, o Renault Megane ficou cravejado por pelo menos 20 balas de agentes da PSP.

Em nota, a embaixada brasileira em Portugal afirmou que o país está dando suporte à família de Ivanice. “A Embaixada lamenta profundamente o ocorrido. A família da vítima já entrou em contato com o Consulado-Geral do Brasil em Lisboa, que prestará o apoio cabível”, disse. “A Embaixada acompanha atentamente o caso e aguarda novas informações a respeito do inquérito com vistas a determinar o curso de ação a ser tomado”, informou.

Caso Jean Charles
O caso faz lembrar o de outro brasileiro assassinado por engano pela polícia na Europa. Em julho de 2005, o mineiro Jean Charles de Menezes, de 27 anos, foi atingido pela Scotland Yard no metrô de Londres. Ele havia sido confundido com um terrorista.

Fonte: Metropole

Mangue FM

Rádio Mangue FM - 88,9 Mhz. Uma emissora da SBC Radiodifusão LTDA. Localizada no município de Curuçá, nordeste paraense.

Últimas