Assaltante baleado em escola não agiu sozinho; comparsa ainda tentou despistar PM

O assaltante que tentou roubar mães em frente a uma escola em Suzano (SP) no último final de semana, e foi morto por uma policial militar, não agiu sozinho, afirma a Polícia Militar de São Paulo.

Segundo a corporação, o bandido estava acompanhado de outro homem, que ficou dentro de um carro, que seria usado na fuga.

Na noite desta segunda-feira (14), policiais militares prenderam o suspeito por volta das 20h, na rua João Romero, bairro Jardim Medina, em Poá, também na Grande São Paulo. A esposa dele também foi detida por falsa comunicação de crime.

Segundo a Polícia Militar, depois da morte do comparsa, o suspeito pediu que a esposa acionasse o disque-denúncia da Polícia Militar paulista e informasse que o carro dela, um Ford Fiesta, que foi usado na tentativa de assalto, havia sido roubado.

A mulher atendeu o pedido do marido e comunicou o falso crime à PM e, em seguida, o suspeito abandonou o veículo em uma rua de Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo.

Nesta segunda-feira (14), a mulher ligou novamente para a PM, do mesmo telefone, para fazer uma denúncia anônima, dizendo que um carro estava abandonado em uma rua em Itaquaquecetuba.

Os PMs foram até o endereço apontado e cruzaram as informações obtidas através da placa do veículo, com o telefone utilizado nas ligações. Eles notaram que se tratava da mesma mulher.

A Polícia Militar de São Paulo informou que a suspeita foi detida por falsa comunicação de crime. Já na delegacia, ela acabou confessando o crime, além de contar que o marido estava na residência do casal, situada na rua João Romero, bairro Jardim Medina, em Poá.

O suspeito foi localizado e encaminhado à Delegacia Central de Suzano para averiguação. Ambos foram liberados, pois não foram detidos em flagrante.
Policial que baleou assaltante foi homenageada

A cabo da Polícia Militar Katia Sastre ficou nacionalmento conhecida após reagir a um assalto na porta de uma escola e balear o criminoso, na manhã do último sábado (12), na cidade de Suzano (SP). Ela foi homenageada pelo governador do Estado de São Paulo, Márcio França. O vídeo da ação foi amplamente divulgado nas redes sociais.

Na gravação, é possível ver o momento em que o assaltante aborda mães na porta da instituição de ensino, armado com uma pistola, no bairro dos Ipês, em Suzano, Região Metropolitana de São Paulo.

Em seguida, a gente saca a arma da bolsa e atira três vezes contra o assaltante, que cai baleado. O homem chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

(Com informações do portal R7)

 

Mangue FM

Rádio Mangue FM - 88,9 Mhz. Uma emissora da SBC Radiodifusão LTDA. Localizada no município de Curuçá, nordeste paraense.

Últimas