Governo do Pará abre oficialmente Pré-Cúpula do Y20 em Belém

O governo do estado segue com diversas programações socioambientais, como a abertura oficial do encontro do Grupo Oficial de Engajamento das Juventudes do G20. Foto: Wagner Almeida

Gilberto Moura

O governo do estado segue com diversas programações socioambientais, como a abertura oficial do encontro do Grupo Oficial de Engajamento das Juventudes do G20, o Youth20 (Y20), a Pré-Cúpula, realizado na última segunda-feira, 17, no Theatro da Paz.

“A juventude é aquela que deve liderar as transformações, pensando nas gerações lúdicas, mas, acima de tudo, nas gerações culturais. E nós, como amazônidas, colocamos a floresta no centro dessas discussões, compreendendo que a humanidade depende da conciliação dos desafios sociais e ambientais”, declara Helder Barbalho, governador do Estado do Pará.

O Brasil, pela primeira vez, lidera a agenda que integra as ações de descentralização, com o objetivo de transformar o Y20. E de acordo com o governador, o grupo propõe a representatividade da juventude na discussão internacional.

A vinda ao Pará é uma das 7 visitas que estão sendo realizadas em todo país. Foi assinado o termo de cooperação técnica entre Governo do Estado, Sebrae e Secretaria de Igualdade Racial e Direitos Humanos, visando à realização de cursos de empreendedorismo para jovens de 18 a 29 anos.

Em seguida, o governador Helder Barbalho e o titular da Seirdh, Jarbas Vasconcelos, assinaram diversos acordos que visam conceder benefícios para a juventude paraense. O primeiro foi um acordo de cooperação com o Instituto Coliga, que oferece cursos na área da economia criativa. O objetivo é a formação de jovens empreendedores.

Na mesma linha, foi assinado convênio entre o Banco do Estado do Pará (Banpará) e Seirdh, para implantação do Programa Juventude Empreendedora, que envolve o lançamento de uma linha de crédito para fomentar o empreendedorismo entre jovens de 18 a 29 anos. O limite do crédito é de R$ 5 mil, com pagamento em até 24 meses.

O ministro das Cidades, Jader Filho, fez um discurso voltado para a importância da COP30, pela primeira vez, no Brasil e, de modo especial, na Amazônia. Para ele, é fundamental que a COP também promova o cuidado com as pessoas.

O Y20 é um dos 13 grupos de engajamento que compõem o G20 Social. O propósito é que a sociedade civil seja ouvida no processo de construção das políticas públicas. O G20 Social foi anunciado pelo presidente Lula na 18ª Cúpula de Chefes de Governo e Estado do G20, em Nova Délhi, na Índia, quando o Brasil assumiu simbolicamente a presidência do bloco.

Entre os objetivos está a ampliação da participação de atores não-governamentais nas atividades e nos processos decisórios do G20. “O objetivo do encontro é subsidiar a elaboração de um documento com reivindicações e propostas das juventudes para o Summit do Y20, em agosto no Rio de Janeiro, para ser entregue durante a Cúpula de Líderes do G20, em novembro”, afirmou Marcus Barão, Chair do Y20. As atividades da Pré-Cúpula do Y20 seguem durante toda esta terça-feira (18), no Hangar Centro de Convenções da Amazônia e se encerram na quarta-feira (19).

Fonte: Diário do Pará